Voltar

Quais itens não vou levar na mudança e como descartar

Antes mesmo de começar a empacotar seus pertences, melhor se desfazer do que não vai ser útil no seu novo endereço. Se desvencilhar de tudo que não serve mais vai tornar sua mudança mais prática e mais barata!

Especialmente no caso de mudanças interestaduais ou intermunicipais, lembre-se de verificar se a voltagem do seu novo lar é a mesma. A melhor fonte para obter essa informação é através do site da distribuidora local de energia ou com o locador. Consulte qual é a empresa que atende a região no site da Aneel.

Confira agora como e onde fazer doações e descarte dos seus bens como roupas e acessórios, eletrodomésticos, eletrônicos, móveis etc:

1. Venda: essa é uma opção muito indicada para eletrônicos e eletrodomésticos em condições de uso. O anúncio em páginas na internet como OLX, grupos das redes sociais (Facebook e Whatsapp) funcionam muito bem para estes tipos de itens.

– No caso de roupas e acessórios, busque sites especializados em vendas de segunda mão como o Enjoei, brechós online ou em lojas físicas. Anuncie também nos grupos das suas redes sociais.

– No caso de móveis e itens de decoração em condições de uso, existem lojas especializadas em objetos usados, estilo “brechó de móveis”. Pesquise na sua cidade o endereço dos estabelecimentos mais próximos usando o Google. A depender das características do móvel, a loja pode ter interesse em buscar na sua residência.

2. Doação: veja abaixo algumas das opções mais comuns para doar seus pertences.

– Centros religiosos, orfanatos e asilos que realizam bazares para angariar fundos pros seus projetos sociais são opções interessantes, principalmente para doação de roupas, acessórios e itens de tamanho pequeno.

– Centros comunitários para lazer e ensino podem estar especialmente interessados em eletrônicos e eletrodomésticos que possam servir ao seu propósito como televisores, computadores, teclados, geladeiras etc.

– Exército da Salvação: presente em diversos estados do Brasil, o Exército da Salvação aceita todo tipo de doação, desde roupas até automóveis. Os interessados podem agendar uma doação, e uma equipe irá até a residência buscar, ou deixar os itens num dos postos de coleta. Entenda os detalhes de como doar no site da instituição.

3. Descarte: veja agora algumas alternativas para se livrar dos itens inservíveis.

– Móveis e outros itens grandes como colchões: entre em contato com a empresa responsável pela coleta de lixo do seu município. Este serviço é gratuito, porém precisa ser agendado com antecedência. A depender da cidade, a remoção pode levar cerca de 10 dias para ser realizada.

– Lixo eletrônico, eletrodomésticos, equipamentos de informática, celulares: a melhor alternativa é se informar no site da fabricante do equipamento se há algum projeto de logística reversa do produto.

– Algumas fabricantes oferecem postos de coleta ou buscam o objeto diretamente na sua residência, confira algumas:

4. Para qualquer tipo de item, sejam roupas, eletrônicos, papelão, plástico etc, consulte plataformas especializadas como o E-cycle para pesquisar centros de reciclagem próximos a sua residência.

– Em muitas cidades, grandes supermercados e lojas de material de construção dispõe de grandes coletores para reciclagem de objetos de vidro, plástico, papéis, etc.

– No caso específico de roupas que não servem mais para o uso, outra dica é utilizar como pano de limpeza ou até para ajudar na embalagem e amortecimento de objetos frágeis. Uma alternativa é oferecer o tecido para costureiras e artesãs do bairro que tenham interesse em fazer retalhos ou reaproveitamento para produtos de artesanato, como preenchimento de almofadas, por exemplo.